Anuncie aqui!
Publicado há 12:13 | Atualizado em 25/01/19 às 12:01

Rio do Sul poderá ter Escola Militarizada

E

Em audiência com o secretário de Estado da Educação, Natalino Uggioni, o prefeito de Rio do Sul, José Thomé, confirmou que uma escola estadual do município será incluída em um projeto de implantação do sistema de Escola Militarizada. Durante conversa na capital na quarta-feira (23), ficou acertado que o Estado trabalhará para incluir a Escola de Educação Básica Frederico Navarro Lins, no bairro Barra do Trombudo, no plano de implantação do sistema já aplicado em algumas unidades em cidades como Joinville, Florianópolis, Lages e Blumenau.

O governo do estado tem um plano de implantação de mais 32 escolas militarizadas em Santa Catarina e Rio do Sul está incluído neste projeto através do pedido do prefeito Thomé. “Os critérios de escolha da unidade é técnico e faz parte de um projeto completo de melhoria das questões educacionais e sociais de comunidades”, adianta Thomé. Ainda não há prazo para aplicação do projeto.

As escolas militarizadas costumam ter algumas regras que estimulem a disciplina, junto ao ensino. Toda a grade curricular é mantida e regida normalmente pelo quadro de profissionais já atuantes no Estado. A diferença está no regimento interno, geralmente comandado pela Polícia Militar. Algumas práticas são rígidas como formação de pelotões, cantar hinos como o Nacional, do Estado e do Município todos os dias, limpeza do ambiente de trabalho, uso de uniforme e algumas normas de conduta com relação a cabelo e maquiagem.

“Pode ser uma alternativa muito interessante para a comunidade e a escola. O secretário Natalino Uggioni está otimista com relação a isto e também estamos muito interessados nesta proposta. É algo que será amplamente discutido com a comunidade, mas que pode contribuir muito em um contexto educacional e social”, revela o prefeito Thomé.