Anuncie aqui!
Publicado há 09:31 | Atualizado em 11/06/18 às 09:06

Coligação com 11 partidos lança Gelson Merisio ao governo

Depois do revezamento de discursos das lideranças dos onze partidos previamente coligados,

Com a presença dos 11 partidos da aliança que construiu e 108 prefeitos, Gelson Merisio (PSD) foi aclamado candidato a governador por líderes como o ex-governador Raimundo Colombo, o presidente do PP, Silvio Dreveck, e o líder do PSB catarinense, Paulo Bornhausen, diante de um público de 10 mil pessoas. Com caravanas de todas as regiões, teve gente que ficou mais de 12 horas no ônibus para prestigiar o pré-candidato. Foram 106 ônibus de todas as regiões. Ao todo, também compareceram 21 deputados federais, estaduais e ex-deputados.

Merisio  anunciou oficialmente a pré-candidatura ao governo do Estado nas eleições de outubro. O evento político foi  no pavilhão da Efapi, em Chapecó.

No discurso Merisio defendeu as bandeiras da Segurança Pública, enxugamento do Estado, combate às desigualdades regionais e erradicação da pobreza extrema, que atinge cerca de 290 mil pessoas. Lançou como slogan “A Força do Interior”, defendendo uma candidatura do Oeste de Catarinense.

O deputado defendeu a gestão do ex-governador Raimundo Colombo (PSD). “Santa Catarina lidera 40 dos 50 indicadores de qualidade de vida. Ao fim do governo Colombo nós temos muito o que cobrar”, afirmou. No entanto, o momento é de virada de ciclo, que exige mudanças no comportamento político, como o fim da distribuição de cargos públicos entre apadrinhados.

Pré-candidato ao Senado, Colombo afirmou que cabe a Merisio liderar o processo de condução da candidatura. “Estamos dando a Merisio a legitimidade, agora cabe a nós arregaçar as mangas e trabalhar”, afirmou Colombo.

Prefeitos, vereadores, deputados e lideranças do PSD, PP, PSB, PDT, PRB, PSC, SD, PROS, PHS, PRP e Pode também fizeram pronunciamentos em apoio à candidatura.