Anuncie aqui!
Publicado há 08:36 | Atualizado em 29/03/18 às 04:03

Título a Lula teve apoio de deputados que agora são contra

Foi  na sessão do dia 13 de maio de 2008, que a Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, aprovou por unanimidade a lei estadual 14.437 que concede o título de cidadão catarinense ao ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva. O autor do projeto de lei, foi do então deputado estadual Jailson Lima da Silva, do PT. Foi a primeira votação, que teve apoio de todos os deputados presentes, do PMDB, PP, DEM, e inclusive do PSDB.

Aquela sessão ficou marcada pela posse do suplente Jaime João Pasqualini, aumentado para três, os representantes do Alto Vale do Itajaí, ao lado de Jailson Lima e Rogério Peninha Mendonça. Peninha, inclusive presidiu o inicio da sessão, já que ocupava a o cargo e 2° secretário da Mesa. A justificativa da homenagem foram os grandes investimentos feitos pelo Governo Federal no Estado, como a duplicação do trecho Sul da BR-101 e o Plano de Aceleração de Crescimento (PAC).

Jailson, em seu pronunciamento, agradeceu o deputado Gelson Merísio, do DEM, que na comissão de Constituição e
Justiça deu parecer favorável, e ao deputado José Natal, do PSDB, relator do projeto na  comissão do Trabalho, que também deu parecer favorável.

“Por tudo o que tem sido dito nesta Casa, pela BR-282, pela BR-280, por todos os projetos de inclusão social e pela
mudança do contexto deste país, pois recentemente tivermos a felicidade de ver um país de investimentos, saindo da área de risco, o nosso presidente merece essa titulação. Por isso será extremante salutar e um orgulho para o estado de Santa Catarina no momento em que esta Casa der ao presidente da República esse título de reconhecimento pelo seu papel na história do país no mundo contemporâneo, pela sua liderança política e por tudo o que tem sido feito no Brasil como um todo”, justificou o autor.

Votarei favorável porque entendo que ele foi parceiro e amigo de Santa Catarina e tem resgatado muitas questões importantes,como a BR-282, a BR-101 e outras obras. “Não tenho dúvida  nenhuma de que é um título merecido, e espero que seja aprovado aqui, por unanimidade,esse reconhecimento do Parlamento catarinense, em nome da população, a Luiz Inácio Lula da Silva”. disse Manoel Mota, então líder  do PMDB na Alesc.

“Ouço muita crítica ao Lula, alguns dizendo, inclusive, que trocou para um avião melhor e também pelas viagens que faz pelo mundo. Todas essas viagens que o presidente Lula está fazendo – e muita gente diz que está fazendo turismo – estão alavancando um crédito para este país jamais visto. E quem está falando isso aqui é um deputado do PSDB. E os colegas podem até ficar boquiabertos por este deputado estar fazendo esses elogios. Mas estou impressionado com a credibilidade que o país está tendo lá fora com essa gestão do presidente Lula, já no seu segundo mandato. É impressionante a curiosidade e vontade de saber mais sobre o país, e a disposição de se investir no aqui por conta desse crédito que o Brasil tem nos dias de hoje”. – Discursou do Deputado Nilson Gonçalves do PSDB.

“Temos que reconhecer o papel fundamental do homem que assumiu este país, uma pessoa comum, um trabalhador comum, que veio do norte do país e está desempenhando um papel importante no crescimento do Brasil.Por isso o meu cumprimento ao Lula, ao Luiz Inácio Lula da Silva, por ser a peça fundamental para o país e pelos investimentos em Santa Catarina, que acontecem a cada instante”, Manoel Mota

ATA DA SESSÃO DE 13 DE MAIO DE 2008

Na abertura da sessão estavam presentes os deputados: Altair Silva – Ana Paula Lima – Antônio Aguiar – Cesar Souza
Júnior – Dagomar Carneiro – Darci de Matos – Décio Góes – Dirceu Dresch – Edison Andrino – Edson Piriquito – Elizeu Mattos – Gelson Merísio – Genésio Goulart – Herneus de Nadal – Jailson Lima – Jaime Pasqualini – Jandir Bellini – Jean Kuhlmann – Jorginho Mello – José Natal – Manoel Mota – Marcos Vieira – Moacir Sopelsa – Narcizo Parisotto – Nilson Gonçalves – Pedro Baldissera – Pedro Uczai – Professor Grando – Renato Hinnig – Rogério Peninha Mendonça – Romildo Titon – Serafim Venzon – Silvio Dreveck – Valmir Comin.

A presença não significa

O título de Cidadão Catarinense é concedido pelo Poder Legislativo em reconhecimento às personalidades que prestam relevantes serviços e contribuem para o desenvolvimento do Estado. Para isso, é preciso que um deputado apresente projeto de lei, que é analisado e votado pelos demais deputados e, caso aprovado, submetido à sanção do Governador do Estado.

TEXTO: Alexandre Salvador